buscar
´

Aprenda a calcular as horas extras

Muitos dos funcionários fazem horas extras no seu trabalho, mas às vezes não se dão conta de como elas funcionam, e se realmente é obrigatório cumprir com esse período. Aqui vamos explicar o que elas são, e como calculá-las no final das contas.

Trabalho
4 semanas atrás
Aprenda a calcular as horas extras

As horas extras dependem muito da jornada de trabalho da pessoa, se é regime CLT, se é contrato, e o que ficou acordado com a empresa. Portanto, o cálculo das horas extras varia de acordo com cada circunstância.

Me acompanha para entendermos o que são as horas extras, se elas são obrigatórias ou não e como fazer para calculá-las de acordo com a sua própria jornada de trabalho.

Afinal, o que são as horas extras?

A hora extra é um recurso que a empresa e o trabalhador possuem para possibilitar a extensão esporádica da jornada de trabalho.
A hora extra é um recurso que a empresa e o trabalhador possuem para possibilitar a extensão esporádica da jornada de trabalho.

As horas extras, como o próprio nome diz, são horas que você trabalha a mais do que deveria. Portanto se em seu contrato esta um período de 8 horas, e você ultrapassar esse valor, já é caracterizado como hora extra, e você deve ser remunerado por isso.

Perante a lei descrita no art 58, uma jornada de trabalho deve ter o período máximo de 08 horas, dando 44 horas por semana e por mês 220. Portanto, qualquer tempo que ultrapasse esse período, se denomina por horas extras, devendo ser pago ao trabalhador.

Geralmente, o trabalhador que precisa cumprir com horas extras, são aqueles que atuam com atividades de grandes demandas, como fechamento do mês, acompanhar algum pedido ou serviço, entre outros fatores relacionados a isso.

Como funciona na lei e na prática?

Em Direito do trabalho, hora extra consiste no tempo laborado além da jornada diária estabelecida pela legislação ou contrato de trabalho.
Em Direito do trabalho, hora extra consiste no tempo laborado além da jornada diária estabelecida pela legislação ou contrato de trabalho.

Na Lei nº 10.243 de Art 58, diz o seguinte sobre as horas extras: “A duração normal do trabalho, para os empregados em qualquer atividade privada, não excederá de 8 (oito) horas diárias, desde que não seja fixado expressamente outro limite.
1o Não serão descontadas nem computadas como jornada extraordinária as variações de horário no registro de ponto não excedentes de cinco minutos, observado o limite máximo de dez minutos diários.”

Ainda assim, de acordo com o Ministério do Trabalho e suas devidas Reformas Trabalhistas, é dito que, o contribuidor deverá cumprir no máximo 2 horas extras no seu dia, cumprindo sua jornada de trabalho normalmente de 8 horas. Mas, sabemos que na prática não é assim que acontece.

É de extrema importância o colaborador estar em comum acordo com a empresa relacionado às horas extras. Claro, que para a empresa não é tão compensável pagar as horas excedentes no dia, de modo frequente, por isso alguns trabalhadores acabam tendo que tomar alguns cuidados nesses quesitos.

Geralmente, é pago juntamente do seu salário no fim do mês ou quinzenal (isso depende de cada empresa). Agora que você já sabe de tudo isso, que tal aprender a calcular as suas horas e conhecer qual é o seu divisor aplicável? Vem comigo!

Entendendo o que são divisores aplicáveis

Você já deve ter ouvido falar nessa palavra, ou pelo menos escutado rolar pela sua empresa. Os divisores aplicáveis, são valores aplicados para facilitar e determinar o cálculo das horas extras, e ele é definido de forma judicial pelo TST – Tribunal Superior do Trabalho.

Os valores dos divisores correspondem à soma de horas trabalhadas no mês, contando com o Descanso Semanal Remunerado, feriados e outros quesitos. Portanto se a sua jornada de trabalho for de 44 horas semanais, totalizando em 176, seu divisor será o número 220.

Caso trabalhe, 40 horas semanais – divisor 200; 36 horas semanais – divisor 180 e 30 horas semanais – divisor 150.

Calculando as horas extras

No Brasil, há a limitação da prática de horas extras, bem como o pagamento de valor adicional, nunca inferior a 50% do valor da hora normal.
No Brasil, há a limitação da prática de horas extras, bem como o pagamento de valor adicional, nunca inferior a 50% do valor da hora normal.

Chegando nos “finalmente”, vamos entender como faz para calcular esse valor. Portanto, de acordo com a lei, é preciso ser pago no mínimo 50% a mais da sua hora trabalhada. Essa porcentagem pode ter alteração, caso as horas aconteçam de finais de semana ou feriados, podendo chegar até no máximo 120%.

Vamos ao passo a passo:

Suponhamos que o colaborador receba um salário de R$ 2.000,00.

Basta realizar a seguinte conta: R$ 2.000,00/220 = 10 (este é o valor da sua hora trabalhada). Agora, pegue esse resultado e acrescente 50%, então ficaria: R$ 10,00/2 = R$ 5,00. Adicione R$ 5,00 na sua grade normal de trabalho, portanto: R$ 15,00 de hora extra.

Para evitar erros, sempre observe os valores de acréscimos noturnos, feriados ou finais de semana, e saiba qual é o seu divisor de acordo com o período de trabalho, para então somá-los corretamente.

DSR: veja como calcular o descanso semanal remunerado
Você já ouviu falar no DSR – Descanso Semanal Remunerado? Ele é um direito dos trabalhadores que possuem registro na carteira de trabalho. Mas muitos não sabem como...
Veja como simular a aposentadoria por tempo de contribuição
A aposentadoria é uma ação que é sustentada pela Previdência Social, e ela visa um pagamento de benefício em uma certa idade, por tempo de contribuição. Portanto, os seus...
Dicas para quem quer trabalhar em casa
Quando se passa horas na frente do computador, a maioria das pessoas se espalha na cadeira entortando a coluna. Outros se inclinam para frente, apoiam os cotovelos na mesa e...
Confira como fazer a prova de vida do INSS
Volta a ser obrigatória a chamada prova de vida para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que moram no...
Como se organizar para trabalhar de casa?
Se colocarmos na ponta do lápis, trabalhar por home office tem muitos benefícios que talvez você nunca tenha pensado, como o tempo de trabalho, portanto o período que você...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...